James Rodriguez decide e Colômbia enfrenta o Brasil

Comentarios
Texto de: Jean Marcel

Sem as suas principais estrelas, seleções sulamericanas se diferenciam com os coadjuvantes

Suarez, operado um mês antes da copa e, posteriormente, banido do futebol por 4 meses. Falcão Garcia, lesionado em um jogo da Copa da França e fora da copa. Colômbia e Uruguai viram seus ídolos, por motivos diversos, longe da Copa do Mundo e se enfrentaram nas oitavas de final num jogo morno e que a história se lembrará como a diferença entre James Rodriguez e Edison Cavani.
Cavani, o símbolo da seleção uruguaia sem Suarez. Crédito: Globoesport

Os dois jogadores do Mônaco são estrelas também, mas não são os protagonistas de seus países. James é novo, se destacou recentemente e surgiu na copa como a salvação de um time que perdeu sua referência. E foi dos pés dele que surgiu a vitória Colombiana, nos dois gols, no talento e na raça do melhor jogador da copa, pelo menos até agora. O camisa 10 dos "cafeteros" não se omitiu em nenhum momento e levou seu time, com dança e alegria, para as quartas.
Já Cavani é mais experiente, 27 anos, tinha tudo para explodir nessa copa, mas não o fez. Cavani foi omisso, esteve sumido, sacrificado para Suarez brilhar nos dois últimos jogos, e saí da copa com um gol de penalti apenas. Cavani foi o menos uruguaio dos uruguaios, o menos aguerrído, o menos entre os que esperavam muito. 
Colômbia empolga com bom futebol e melhores comemorações

E no fim, essa foi a diferença. Sobra para Tabarez a missão de rejuvenecer o time, que perde Lugano, perde Fórlan, terá Muslera, Godín, o próprio Cavani, Alvaro Pereira, Suarez e muitos outros com mais de 30 para o próximo ciclo. E para a Colômbia é pensar no Brasil, que jogou mal contra o Chile, e alcançar a maior façanha da história futebolística do país. Futebol, os comandados de Peckerman já demonstraram mais do que os brasileiros, agora resta saber se a história lembrará de James Rodriguez como o nome de 2014 ou de alguém que foi até onde podia sem Radamel Garcia. 

#Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.